Tudo sobre intercâmbio, viagens, cultura e idiomas pela EF Education First.
Menu

10 razões para amar Berlim

10 razões para amar Berlim

Sem dúvidas, existem muitas razões para amar Berlim para além da cerveja e bratwurst (salsicha de porco típica alemã). A capital da Alemanha é famosa por sua arte e vida noturna incansável, o que dá à cidade características únicas e ousadas. Descrita pelo seu ex-prefeito como “pobre e sexy”, Berlim atrai pessoas de todo o mundo com seu ar misterioso, com uma população cheia de diversidade com 3,6 milhões de habitantes.

Ainda não se convenceu? Faça uma jornada virtual pelos melhores características da cidade e descubra algumas das razões para amar Berlim.

1. Comida de rua

Ao mencionarmos a comida em Berlim, vocês devem estar imaginando imagens de vestidos típicos alemães e salsichas e chucrute já que a cozinha alemã se mistura bastante com toda a sua cultura e vestimenta. Na verdade, por causa da sua diversidade de culturas, há uma variedade muito grande de oferta. A comida de rua é a rainha em Berlim, com mercados localizados em toda a cidade. Se você quiser uma generosa mordida de um prato turco, um aperitivo ou um hambúrguer, a comida de rua da Alemanha vai satisfazer qualquer apetite. Além disso, aproveite os incríveis cafés berlinenses, famosos em todo o mundo.

2. Língua

Eu posso ser um pouco tendenciosa, mas poucas línguas são tão charmosas quanto alemão. Lar de incontáveis longas palavras e frases que simplesmente não fazem sentido em outras línguas, o alemão é bem legal e uma das grandes razões para amar Berlim. “Berlinisch” é o típico dialeto que você vai ouvir pela cidade, originário de Brandenburg, tem frases variadas únicas da capital. Gaste tempo suficiente em um café local tomando um “Kaffe” und “Kuchen” e você pode ouvir algumas dessas frases.

3. Arte de rua

Com a vibrante e mundialmente reconhecida arte, Berlim é, sem surpresas, muito colorida com os trabalhos que você vê na rua. Muito longe do casual graffiti, a arte de rua é uma expressão de arte individual e cultural em todos os níveis. É tão impressionante como cheia de cor em todo os detalhes das ruas, além de serem bastante fotogênicas. Perambule pela cidade sozinho para descobrir artes impressionantes ou aproveite um tour a pé gratuito, que provavelmente vai te apresentar trajetos diferentes além das joias escondidas da cidade.

[video:https://www.youtube.com/watch?v=cy_02JbHqAk&feature=emb_logo]

4. Ande de bicicleta

Um atrativo inegável de Berlim é sua cultura bike-friendly. Não apenas é super positivo frente a uma cultura ambientalmente consciente, mas os gastos também são uma grande vantagem para a população estudantil da cidade. No entanto, o estereótipo usual da cidade da bicicleta (com um sistema de transporte público não confiável) não se aplica aqui. De maneira típica da alemã, o transporte público é extremamente eficiente, o que significa que existem muitas maneiras de se locomover pela cidade de maneira barata.

5. Cultura

A cultura alemã é famosa em todo o mundo e por si só é uma ótima razão para amar Berlim, com tradições como o Oktoberfest que, hoje, é comemorado em diversas outras cidades. Com seus jardins de cerveja, museus e galerias de arte, Berlim é mais do que capaz de fornecer aos turistas e moradores locais uma dose constante da cultura alemã. Para uma experiência completa, vá até o Kulturbrauerei (que literalmente se traduz como “cervejaria cultural”), um complexo cultural composto por mais de 20 edifícios e restaurantes, lojas, centros de dança, museus e muito mais. Quer algo ainda mais alemão? Confira o Museu Currywurst, onde você pode absorver um pouco de cultura enquanto descansa em um sofá de salsicha gigante.

6. Natureza

Embora muitas das cidades mais movimentadas do mundo sejam selvas de concreto, Berlim abriga mais de 2500 parques, o que significa que não faltam espaços verdes abertos. Se você gosta de cachoeiras e cascatas, vá ao Viktoriapark para uma experiência relaxante que melhorará até os dias mais exaustivos. Para uma vibração mais urbana, há o Mauerpark, nomeado após seu status como uma parte anterior do Muro de Berlim. Independentemente das suas preferências, com tantas opções, você encontrará um local de refúgio perfeito para você.

7. Lojas Antigas

As lojas de antiguidades são para Berlim o que os estandes de gelatto são para a Itália – a cidade está repleta de locais modernos, onde você pode percorrer os corredores em busca de joias vintage. Talvez as mais empolgantes sejam as lojas em que, em vez de pagar por cada item separadamente, você paga em peso. A PicknWeight é um desses locais – um lugar em que qualquer aficionado por moda vintage seria pressionado a não encontrar algo para levar para casa.

8. Música e vida noturna

O “Techno” se originou em Detroit em meados dos anos 1980 e chegou à Alemanha Ocidental no final dos anos 80. Após a queda do Muro de Berlim, muitos dos prédios e bunkers abandonados foram tomados pelos jovens e usados para sediar festas, dando lugar a um novo tipo de clube. Surgiu uma cena de festa ininterrupta, envolvida com o alívio e a liberdade dos berlinenses após a reunificação. A cena techno e da música eletrônica viveu e se tornou uma peça fundamental do quebra-cabeça da cultura e da vida noturna de Berlim, atraindo entusiastas da música de todo o mundo. Quem ama curtir música eletrônica, têm razões de sobra para amar Berlim.

9. Acessibilidade

Provavelmente não será o lugar mais barato que você já visitou, mas se estiver comparando com cidades como Zurique e Londres, Berlim é muito mais acessível. Com um sistema de transporte público barato que o levará a toda a cidade e refeições autênticas que não irão te falir, você pode aproveitar muito a cidade.

10. Praia

É sempre bom ter o melhor dos dois mundos ao visitar uma cidade. Quando a vida agitada da cidade fica um pouco demais, você pode ir à praia para tomar uma dose de sol, areia e serenidade. A praia de Wannsee não é apenas um ótimo lugar para descansar, mas também é absolutamente linda e muito fotogênica (especialmente ao pôr do sol).

Ficou afim de conhecer Berlim?Faça um intercâmbio

Compartilhe esse artigo

Artigos recentes de Viagem