Tudo sobre intercâmbio, viagens, cultura e idiomas pela EF Education First.
Menu

O que fazer em Seul: Top 5 pontos turísticos

O que fazer em Seul: Top 5 pontos turísticos

Seul conta com quase dez milhões de habitantes e as opções de lazer, gastronômicas e históricas da cidade são quase infinitas. Sendo assim, o que fazer em Seul? Separamos os 5 melhores pontos turísticos para conhecer, seja durante uma visita de férias ou um intercâmbio na Coreia do Sul.

Gyeongbokgung

O palácio de Gyeongbokgung foi construído em 1395, durante a dinastia Joseon. Localizava-se no coração da jovem capital Seul (que na época se chamava Hanyang). O palácio foi destruído na Invasão Japonesa (1592-1598).

Hoje, o lugar está em reconstrução e é um ponto turístico importantíssimo. Além de ser um dos palácios principais a serem visitados na cidade, nele funcionam o Museu do Palácio Nacional e o Museu do Folclore Nacional.

Myeongdong

Esse lugar é para os amantes de compras! É o distrito mais conhecido para se comprar marcas internacionais de roupas, além de oferecer diversas opções de marcas famosas de cosméticos coreanos. Mas, se a intenção for comer, Myeongdong possui diversos restaurantes para todos os gostos.

Gangnam Station

Certamente você já ouviu a música Gangnam Style. Pois está na hora de você finalmente conhecer o estilo de Gangnam! É um lugar muito popular entre os estudantes universitários que vivem abaixo do rio Han. É perfeito para quem quer sair com amigos, já que é cheio de cafés e restaurantes, além de ser rota de muitos ônibus, ou seja, é muito fácil chegar a qualquer lugar a partir de Gangnam Station.

Hongdae

Se você está procurando por um lugar mais alternativo, Hongdae é o lugar ideal para você! É uma região cheia de bares e restaurantes, permeada por arte urbana e design, além de muitos artistas de ruas.

Bukchon Hanok Village

Bukchon significa “Vila do Norte”, já que se localiza ao norte de dois lugares muito importantes de Seul: Cheonggyecheon Stream e Jongno. A vila está entre os palácios de Gyeongbokgung e Changdeokgung, sendo um dos poucos lugares na cidade em que ainda se pode ver casas tradicionais coreanas. Essa casas pertenciam à aristocracia e agora estão sob proteção. Nelas, funcionam bares, pousadas e até casas de chá.

Estudar coreano em Seul é com a EFIntercâmbio na Coreia do Sul

Compartilhe esse artigo

Artigos recentes de Viagem

10 motivos para amar Boston