Tudo sobre intercâmbio, viagens, cultura e idiomas pela EF Education First.
Menu

Por que aprender inglês? 7 razões para começar a investir nesse idioma

Por

Estamos vendo você daqui se perguntando se estudar inglês é uma boa forma de usar o seu tempo. Você já fala um idioma e tem sido o suficiente até agora, certo? Bom, com certeza. Mas se que você quer viajar, estudar fora, trabalhar em um mercado internacional, aprender sobre outras culturas ou fazer muito mais amigos, falar inglês se torna essencial.

É o idioma oficial de 55 países, e amplamente falado em mais de 100

Isso inclui as nações que você automaticamente associa ao inglês (como Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia, Canadá, Reino Unido e África do Sul). Mas a lista não termina nos destinos “tradicionais”. Diversas regiões da Ásia, África e até mesmo do Caribe tem esse idioma como língua materna. Quênia, Nigéria, Filipinas, Índia, Jamaica, Bahamas, Singapura, Fiji e Vanuatu são alguns dos diversos países em que você pode conversar com os locais em inglês.

Existem quase 2 bilhões de falantes ao redor do mundo

Por ser tão falado, o inglês tem sido sinônimo de “idioma global”. Mais de 360 milhões de pessoas consideram como primeiro idioma, o deixando como terceiro maior em relação a quantidade de falantes nativos (atrás somente do mandarim e do espanhol). O total de falantes, tendo o inglês como primeira, segunda, terceira ou até quarta língua nativa, chega a quase 2 bilhões. Na Europa, 38% dizem falar em um nível de conversação. Se você está indo estudar uma outra língua estrangeira, por que não fazer seu tempo e dinheiro valerem a pena, acertando dois coelhos com uma cajadada só?

Preferência na comunicação internacional

De materiais impressos tradicionais à internet e relações internacionais, o inglês ultrapassa todas as outras línguas. É o idioma principal do meio acadêmico, da comunicação marítima e aeronáutica, além de ser oficial também no Comitê Olímpico Internacional, Organização das Nações Unidas (ONU), Estação Espacial Internacional, Organização do Atlântico Norte (OTAN), Interpol e União Europeia. Se aprender inglês para uma carreira internacional ou diplomática é seu objetivo, não se preocupe em se tornar fluente de uma vez só. Após desenvolver uma base sólida da língua inglesa, se esforce para acelerar o processo por meio do aperfeiçoamento da escrita e da confiança na conversação. Considere viver e estudar em um país que tenha o inglês como língua nativa para acelerar o processo.

Comanda arte, cultura e entretenimento internacional…

Existem diversos motivos para o inglês liderar, como flexibilidade, capacidade de evoluir, conexão com outras línguas e um grande número de falantes nativos. Basta olhar para a demanda de filmes em inglês nas bilheterias dos cinemas (particularmente entretenimento e mídia americana, que geraram quase 30% da receita industrial em 2012), bem como a indústria musical, e a variedade de séries do idioma em serviços como o da Netflix.

…e os negócios

O inglês é uma das principais ferramentas no setor bancário e no mundo dos negócios, onde algumas das maiores empresas (Sodexo, Yokohama, Honda e Siemens) já implementaram o idioma como língua franca corporativa, e senão, estão tomando medidas para fazê-lo. O comércio mundial também é amplamente conduzido em inglês, já que os acordos precisam ser feitos em uma língua comum aos envolvidos (geralmente o inglês). Na ciência, o inglês é a linguagem que se baseia no aprofundamento de termos ou na publicação de teorias, e como resultado, está em grande parte do ensino superior.

Até 2050 metade da população falará inglês

Mesmo agora, um quarto da população global fala o idioma e mais milhões estão aprendendo ativamente. Estima-se que até 2050 metade do mundo fale inglês em algum nível. Esse tipo de domínio linguístico é historicamente inédito – e sua redução é extremamente improvável, dizem muitos especialistas, incluindo o linguista John McWhorther do Instituto Manhattan, mesmo com outras línguas como francês, espanhol e chinês crescendo e tornando-se mais populares. “Não está muito claro para mim que mecanismo real poderia tirar o inglês (dessa expansão) dadas as condições”, afirma.

Você precisa se comunicar com o mundo

Se seu objetivo é viajar bastante, aprender mais sobre outras culturas, socializar mais facilmente com falantes nativos e outros estudantes da língua, se tornar um empreendedor ou estudar no exterior, construir fortes habilidades de inglês irá ajudá-lo a alcançar seus sonhos. E lembre-se: à medida que o inglês se espalha e reúne mais falantes, ele não “pertence” aos falantes nativos. Pertence ao mundo – incluindo você.

Estude inglês no exterior conoscoSaiba mais