Tudo sobre intercâmbio, viagens, cultura e idiomas pela EF Education First.
Menu

10 motivos porque a Nova Zelândia é o novo destino para aprender inglês

10 motivos porque a Nova Zelândia é o novo destino para aprender inglês

Geralmente a primeira opção que vem à mente das pessoas quando pensam em fazer um curso de idiomas no exterior no Hemisfério Sul é a Austrália. No entanto, há outro destino igualmente top: Nova Zelândia, um lugar 100% acolhedor, inesquecível, belo e com paisagens dignas de fotos no Instagram. E como se tudo isso não bastasse, ainda oferece ótimas opções de estudo.

Confira porque a Nova Zelândia é um dos melhores destinos do mundo em todos os sentidos, inclusive para estudar inglês:

1. Duas ilhas, dois mundos

A Nova Zelândia é composta por duas ilhas completamente diferentes. A Ilha Norte oferece um estilo de vida cosmopolita em duas cidades apaixonantes que fascinam seus milhares de estudantes: Auckland e Wellington. Nas duas, você terá inúmeras oportunidades de apreciar a cultura Maori e também contemplar os geysers de Rotorua, que ficam bem pertinho. Além disso, o clima mais quente do norte também atrai amantes de mergulho e natação.

Já a Ilha Sul é o paraíso dos amantes de atividades ao ar livre e ostenta paisagens dignas de aplausos, trilhas incríveis além de Queenstoewn, a capital do esqui e da aventura.

2. Clima mais quente

Na Ilha Norte você não vai precisar das suas 15 blusas de lã, afinal o clima é mais abafado, com temperaturas que variam de 20°C a 30°C no verão e de 14°C a 22°C no inverno. Já na Ilha Sul o clima é um pouco mais frio, mas nada que chegue aos pés do Hemisfério Norte. No inverno as médias variam de 1°C a 12°C e no verão de 16°C a 22°C.

3. A descontração de um país pequeno

A Nova Zelândia é praticamente do tamanho da Grã- Bretanha, mas possui uma população de pouco mais de quatro milhões de habitantes. Isso explica porque seus moradores estão sempre relaxados, afinal não precisam percorrer longas distâncias em apenas uma hora ou enfrentar trânsitos caóticos para conseguir chegar aos lugares. Os Kiwis têm um ritmo de vida mais lento, saudável e conseguem manter um ótimo equilíbrio entre trabalho e vida pessoal.

4. O modo de vida dos Kiwis

Além de calmos, os Kiwis são humildes, modestos, hilários, criativos, leais, prestativos, generosos, da paz e têm um senso de coletividade que vai conquistar você (se tudo isso não é um bom motivo para você estudar na Nova Zelândia, então não sei mais o que fazer!).

5. Auckland

Esta cidade da Nova Zelândia foi eleita recentemente como a terceira melhor cidade do mundo em qualidade de vida e podemos entender absolutamente os porquês. Auckland é relaxante, acolhedora, segura e seu tamanho ideal permite conhecê-la rapidamente.

Além disso, oferece inúmeros festivais culturais ao longo do ano, uma culinária diversificada com vinhos e cafés absurdamente deliciosos e vida noturna extremamente agitada. Os amantes de atividades ao ar livre, adoram explorar as ilhas mais próximas, portos, praias, além dos 48 “maunga”, os vulcões icônicos da cidade.

6. O inglês único dos Kiwis

Sim, temos que admitir: amamos o inglês da Nova Zelândia. Enquanto estiver lá, aproveite suas vogais trocadas e novos coloquialismos como: “chilly bin” (cooler), “cuz/bro” (amigo), “she’ll be right” (ela vai ficar bem), “choice” (incrível, ótimo. obrigada), “chur bro” (obrigado cara), “flat tack” (velocidade máxima), “hard case” (pessoa difícil de lidar) e “beached as” (preso em algum lugar).

7. Um mundo de praias

Com 15.000 quilômetros de litoral, os Kiwis têm a sorte de viver a menos de 128Km (ou menos) das praias. Os visitantes do Hemisfério Norte, loucos por uma aventura à beira-mar, não precisam ir longe para encontrar uma bela praia. Além de ondas perfeitas, as praias da Nova Zelândia oferecem opções para todos os gostos: rochas, dunas, lagoas, fontes termais, areias brancas e pretas.

Não deixe de conhecer a Hot Water Beach na Península de Coromandel na Ilha Norte, ou aventure-se duna abaixo na Ninety Mile Beach (que apesar de não atingir 90 milhas ainda sim é uma grande aventura). Mais tarde, aproveite as praias mais conhecidas do Abel Tasman National Park como: Medlands Beach, Torrent Bay, Awaroa Inlet e Sandfly Bay.

8. Gastronomia de primeira

A Nova Zelândia está se tornando uma referência na gastronomia mundial. Delicie-se com especialidades maoris hāngī, e encha seu prato com pavlova, cordeiros, mexilhões, lagostins, ouriços do mar, batata-doces e mel manuka.

9. Esportes de aventura e ao ar livre

A Nova Zelândia é um refúgio famoso dos aventureiros que oferece inúmeras opções: bungy jumping, caiaque, espeologia, skydiving, tirolezas, parasailing, trilhas off-road, parapente, asa delta, snowboarding e muitas outras atividades que vão acelerar seus batimentos cardíacos.

Agora se você prefere uma aventura com os pés no chão, aproveite as trilhas e caminhadas do: Ball Park Crossing, Abel Tasman Coast Track, Whanganui Journey, Milford Track e Routeurn Track – as duas melhores do país- e muito mais.

10. Mini viagens e cidades bike-friendly

Os ciclistas são 100% bem vindos na New Zelaland Cycle Trail (uma rede de ciclovias com mais de 2.500 Km de extensão, espalhadas por todo o país), incluindo a Otago Rail na Ilha Sul com 100 milhas, que vai de Clyde a Dunedin.

Além do ciclismo, este pequeno país oferece várias opções de viagens para você dar aquela escapada nos finais de semana: observe as baleias em Kaikoura, explore a Bay of Island, faça uma trilha ou ande de caique pela Costa de Catlins, aprecie a Ilha de Waiheke e saboreie um jantar delicioso regado à vinho em Marlborough, Hawke’s Bay e Wellington.

Faça um intercâmbio na Nova Zelândia!Clique aqui

Compartilhe esse artigo

Artigos recentes de Intercâmbio