Tudo sobre intercâmbio, viagens, cultura e idiomas pela EF Education First.
Menu

Por que os holandeses falam inglês melhor?

Eles são incrivelmente altos e andam de bicicleta em todos os lugares. E, agora, pelo segundo ano consecutivo, estão em primeiro lugar em proficiência em inglês. Na edição mais recente do EF English Proficiency Index (EF EPI), a Holanda ficou em primeiro lugar no ranking que compara as habilidades em inglês dos cidadãos de 80 países – 90% dos holandeses que realizaram o teste de inglês demonstraram conhecer bem o idioma. Para um país conhecido por seus moinhos de vento, cafés e tulipas, esse resultado traz a pergunta: por que os holandeses falam inglês melhor?

Pequeno País, Grande voz

Esse minúsculo país de 17 milhões de pessoas tem o 17º maior PIB do mundo e o sétimo maior da União Europeia, de acordo com o FMI. Enquanto a América do Sul ou o Oriente Médio podem confiar no potencial de mercado trazido pelas grandes populações que falam espanhol e árabe para impulsionar o seu crescimento, existem apenas 27 milhões de pessoas que falam holandês em todo o mundo. Assim, para garantir uma presença global e acesso ao mercado de 2 bilhões de pessoas que falam inglês mundialmente, os holandeses tornaram a aprendizagem de inglês uma prioridade.

Brad Pitt e Fred Flintstone falam inglês

A Holanda não dubla programas televisivos e filmes estrangeiros. Como resultado, as crianças holandesas crescem ouvindo inglês na cultura popular desde muito cedo. Em geral, países com uma grande audiência para programas e filmes de televisão, como a França, Alemanha e até mesmo o Brasil, dublam todo o conteúdo. A dublagem parece tornar as pessoas linguisticamente insensíveis a outros idiomas, uma condição que os holandeses evitaram com sucesso.

Onde há negócios, há inglês

Os holandeses sempre foram empreendedores – a Companhia Holandesa das Índias Orientais foi criada como a primeira empresa multinacional do mundo em 1602. No mesmo ano, a primeira bolsa de valores moderna foi criada em Amsterdã para facilitar o comércio internacional. O legado de negócios amigável do país vive em muitas empresas multinacionais icônicas: Royal Dutch Shell, Unilever, Heineken e IKEA são exemplos de empresas sediadas nos Países Baixos. A Holanda está em um ciclo de autoperpetuação onde o inglês forte leva a um negócio forte, o que, por sua vez, estimula a melhor proficiência em inglês no mundo.

A vantagem holandesa

Antes do advento do EF English Test, os holandeses já tinham uma ajuda de seus antepassados linguísticos. O holandês é uma língua germânica, assim como o inglês, de modo que compartilham muitas raízes e características. De? The. Bier? Beer. Wafel? Waffle. Enquanto muitos idiomas não compartilham da mesma raíz linguística, as semelhanças entre os idiomas dão ao holandês certa familiaridade na hora de aprender inglês.

Os holandeses se beneficiaram enormemente de sua alta proficiência em inglês. Qualquer um que se lembre de que Nova York foi uma vez New Amsterdam saberá que os holandeses aventureiros sempre foram um país com ambições globais. Os países um pouco mais abaixo que eles no ranking do EF EPI farão bem em prestar atenção. A Holanda é um ótimo exemplo de como a proficiência em inglês de um país pode torná-lo globalmente competitivo e garantir que ele permaneça relevante no futuro. Adiciona um novo significado à frase “going Dutch”, não é?

*”Going Dutch” é uma expressão que indica que cada pessoa participando de um grupo é responsável por suas próprias despesas, ou seja, dividir a conta.
** Obs: a autora é casada com um holandês que fala excelente inglês.

Fale inglês como os holandesesCurso de inglês no exterior

Compartilhe esse artigo

Artigos recentes de Idiomas