Tudo sobre intercâmbio, viagens, cultura e idiomas pela EF Education First.
Menu

10 motivos para viajar para Malta no verão

10 motivos para viajar para Malta no verão

Com 7 mil anos de história e um verão com 8 meses de duração, Malta é única: uma ilha paradisíaca e sempre ensolarada no meio do Mediterrâneo. Aqui estão 10 motivos para você aproveitar Malta no verão:

1. Ideal para passeios na praia

Sendo um arquipélago, Malta é um paraíso para os fãs de lindas praia. Nade na Golden Bay Beach, patrulhada por salva-vidas ou faça a sua escolha nos esportes aquáticos oferecidos em torno de Mellieha Bay. Passeie pelas areias vermelhas de Ramla Bay e San Blas Bay, ou desça os cem degraus para descansar em Ghajn Tuffieha. E, é claro, não se esqueça de visitar a bela Lagoa Azul de Comino, com um nome que mal faz justiça às suas águas cristalinas e brilhantes de uma tonalidade sobrenatural. Aqui está o nosso guia completo das melhores praias da ilha.

2. Malta no verão é uma ilha de festivais

Se você gosta de comer e celebrar, Malta é perfeita para você. Com locais que realmente sabem como organizar bons festivais no nome de algumas das melhores delícias existentes, você encontrará um dedicado à cerveja, vinho, frutas cítricas, morangos, pão, chocolate, figo e azeitonas.

3. A incrível Valletta

Barroca e contemporânea ao mesmo tempo, a capital de Malta é uma das cidades na lista de Patrimônios Mundiais da UNESCO, ou seja, impossível de se ignorar. Repleta de varandas coloridas, ruas sinuosas e a incrivelmente decorada Catedral de St John’s – com uma pintura do famoso pintor Caravaggio – Valletta é um fascinante lembrete do estrago feito em Malta durante a 2ª Guerra Mundial: é o lar de diversas coleções de abrigos, capelas, e túneis subterrâneos, sendo alguns deles abertos à visita.

4. Passeie por Birgu

Birgu é a mais velha das três cidades fortificadas de Malta, junto com suas cidades irmãs Senglea e Cospicua. Um trio que, se suas paredes falassem, contariam parte por parte a história de Malta. Essa minúscula cidade medieval oferece vistas deslumbrantes sobre as águas de Valletta e conta com fortes, igrejas e museus, incluindo o Palácio dos Inquisidores, um dos últimos a sobreviver na Europa. Passeie pelas praças, saboreie um café à beira-mar e procure tesouros no mercado de pulgas da manhã de domingo em Fuq Il-Fortini.

5. Participe de muitas festas

Malta no verão é conhecido por ser a estação das festas, quando as cidades locais celebram seus santos padroeiros – e elas fazem isso bem! Esses eventos são um mar de festas de rua, banquetes, vendedores de rua, fogos de artifício, música e igrejas enfeitadas com suas melhores decorações. É claro que também existem comidas para essa estação: pense em cannolis (tubos de massa recheados de guloseimas), imqaret (rolos de figos fritos), torrone e rosquinhas.

6. Faça uma viagem de um dia a Gozo

Com uma atmosfera mais pacífica, cênica e pitoresca, esta ilha, há apenas 20 minutos de ferry de Malta, convida os visitantes a passar o dia visitando, saboreando produtos locais e experimentando vários cafés enquanto olham vistas encantadoras. Enquanto estiver passeando, não se esqueça de procurar por praias escondidas ao longo da costa pacífica de colinas verdes.

7. Aprenda a mergulhar

Quer aprender a mergulhar? Como um dos melhores locais de mergulho da Europa, Malta tem escolas de mergulho credenciadas pela PADI esperando para ensinar passo a passo. Mergulhadores iniciantes e experientes são atendidos, com os mais de 100 locais de mergulho de Malta, muitos dos quais próximos à costa e podem ser alcançados sem a ajuda de um barco. O que você vai ver? Pense em formações rochosas revelando buracos, cavernas e chaminés. Ou uma vida marinha que atravessa recifes e espreita sob cúpulas subaquáticas e naufrágios.

8. Coma muito!

A comida maltesa é saudável, rústica e deliciosa. Encha-se de pastizzi (pacotes de ricota ou ervilhas mole temperadas), hob biz-zeijt (um sanduíche de estilo maltês espalhado com pasta de tomate e uma variedade de coberturas). Em seguida, procure um pedaço de bragioli (azeitonas de carne), torta de lampuki (torta de peixe), stuffat tal-fenek (ensopado de coelho), bebbux (caracóis cozidos em tomate, alho, vinho e salsa), aljotta (sopa de peixe) ou gbejniet (queijo de ovelha ou leite de cabra). Não come carne vermelha? Há uma variedade infinita de pratos locais de massas, frutos do mar e vegetais para deliciar-se.

9. Vida noturna e mais vida noturna

Malta está se destacando na pista de clubes da Europa. Para aproveitar inteiramente Malta no verão, pense em bares de cocktails com grande interesse em mixologia, além de boates, rooftops, bares de vinho, praias com festas, locais ao ar livre e concertos em todos os lugares. Em resumo, as corujas noturnas se sentirão mais do que satisfeitas.

10. O paraíso de um fotógrafo

Malta pode ser traduzida em “não é possível tirar uma foto ruim”. Lembre-se de que este é um país de praias dignas de cartão postal, ruas que saem das páginas de um romance, além de cantos perdidos, refeições incríveis, locais históricos, reinos subaquáticos e nascer e pôr do sol gloriosos. Seu feed do Instagram nunca foi tão bonito.

Aproveite Malta como nunca antesFaça um intercâmbio

Compartilhe esse artigo

Artigos recentes de Viagem