Tudo sobre intercâmbio, viagens, cultura e idiomas pela EF Education First.
Menu

9 gírias britânicas que você precisa saber

9 gírias britânicas que você precisa saber

Se tem uma coisa essencial que você precisa levar pra sua viagem para a Inglaterra é o conhecimento das gírias britânicas que os ingleses não deixam de usar. Apenas imagine chegar em Londres e não conseguir se comunicar com os locais. Péssimo, certo? Felizmente eu estou aqui para te ensinar nove gírias britânicas comuns que você não pode viver sem.

  1. Bagsy

O equivalente de “dibs” (para os americanos) é usado quando você está reivindicando algo antes de qualquer outra pessoa – como o banco da frente de um carro ou o último scone (se você não sabe o que é um scone, dê um Google e sente na calçada da vergonha por um tempo. Depois ache uma receita de scones e faça alguns).

  1. Chips

Você acha que sabe pedir batatas fritas na Inglaterra? Você está errado! Na Inglaterra existe um número assustadoramente alto de palavras para os diferentes tipos de comida feitos com batata. Chamamos as batatas fritas de “fries” e as batatas com um corte mais grosso, que acompanham os famosos fish ‘n chips, são chamadas apenas de “chips”. Depois você tem as “potato wedges” que são pedaços cortados em forma de canoa que não são a mesma coisa que pedaços redondos fritos (também conhecido como chips em outros países), pois aqui os chamamos de “crisps”. Sem contar os tipos mais complexos de crisps, como as Tortilla Chips (que contam como crisps mas são chamadas de chips, apesar de não serem como as chips de verdade). Talvez você deva se ater apenas às comidas saudáveis para evitar confusão…

  1. Chuffed

Se você está verdadeiramente satisfeito e encantado em relação a algo, você está “chuffed” ou “chuffed to bits”, se for algo que te agradou imensamente! Esta palavra costumava significar “roliço”, então eu não sei porque agora significa “satisfeito”. Apenas se adapte as gírias britânicas.

  1. Dodgy

Quando algo é suspeito ou questionável, é chamado de “dodgy”. É uma referência moderna à uma maneira de falar dos anos 1990 e é apenas divertido sem muitas explicações (como muitas gírias britânicas!).

  1. Miffed

Quando algo te deixou infeliz ou incomodado, você poderia falar que está “miffed”. Essa pode não ser a gíria mais legal de usar com um público jovem, mas eles provavelmente usariam um termo muitas vezes inadequado para o ambiente, então é melhor se manter o mais educado possível, atendo-se à versão “apropriada para menores de 13 anos”.

  1. Quid

Essa gíria britânica é tão popular que você não pode vir sem saber. No Reino Unido, “quid” é uma gíria para a moeda de uma libra esterlina. Preste atenção para pronunciar claramente todas as palavras anteriores que terminam em ‘s’, pois senão soa como ‘squid’ (lula), o que seria hilário porém incorreto.

  1. Uni

Essa não é exatamente o que chamaríamos de gíria britânica, mas uma grande diferença no inglês americano e dos bretãos. Na Inglaterra, “college” significa algo completamente diferente do que significa nos Estados Unidos, onde é outra palavra para universidade. No UK, colleges são para estudantes de 16 à 18 anos, que se formam ali para ingressar na universidade, que é abreviada como uni (ou university). Se você se confundir pode acabar estudando no lugar errado com pessoas 2 anos mais novas que você. Que constrangedor!

  1. Gutted

Não passou para uni que você queria? Você provavelmente está super desapontado e chateado – também conhecido como de “gutted”. Essa é uma daquelas gírias que ninguém sabe ao certo de onde surgiu, mas provavelmente tem a ver com a sensação de incômodo que você sente no estômago quando você está chateado.

  1. Skive

Talvez você tenha entrado na sua universidade preferida, mas você continua arranjando doenças de mentira para faltar às aulas. Primeiramente, você deveria ter vergonha! Em segundo lugar, tem uma palavra pra isso e é “skive”. A primeira parte se pronuncia como “sky” não “ski”. Mas errar algumas coisas pode ser engraçado! Agora volte para a aula!

Pronto para conhecer a Inglaterra?Saiba Mais

Compartilhe esse artigo

Artigos recentes de Idiomas