Tudo sobre intercâmbio, viagens, cultura e idiomas pela EF Education First.
Menu

11 dicas para conseguir trabalho sem experiência

11 dicas para conseguir trabalho sem experiência

Todos os que começam a se aventurar no mercado de trabalho encontram o temido paradoxo: você não consegue trabalho sem ter experiência e não consegue ter experiência sem ter um trabalho. É um dilema muito desencorajador para muitos e que parece impossível de ultrapassar. Ou quase. Mas afinal, o que fazer para conseguir trabalho sem experiência?
As nossas 11 dicas podem te ajudar a ir do zero à conquista num tempo razoável (encontrar trabalho nunca será rápido).

  1. INVISTA NA SUA EDUCAÇÃO

Faça cursos, vá a workshops, tire certificados e diplomas e faça um curso superior. Isso não irá apenas te ajudar a adquirir conhecimentos que poderá aplicar no trabalho, como também mostrará a sua dedicação e esforço. Além disso, professores e outros alunos são uma ótima forma de começar a aumentar a sua rede de contatos.

  1. COMECE DE BAIXO

Outra forma de ganhar experiência em uma área específica é trabalhar ganhando pouco ou nenhum dinheiro – por mais injusto ou pouco motivante que soe, irá te ajudar a abrir uma série de oportunidades: pode ser voluntário, estagiar ou trabalhar por conta para ganhar experiência prática. Dependendo da carreira, fazer ou contibuir em um blog pode ser uma boa forma de mostrar a sua paixão e talento. Resumindo: encha o seu CV e portfólio com projetos relevantes, feitos em meio período, finais de semana ou férias escolares.

  1. MONTE SUA PRÓPRIA REDE

Uma forma conveniente de conseguir um trabalho é ser recomendado, conhecer um amigo, ou amigo de amigo que possa te ajudar. Para que isso aconteça, você precisa construir e cultivar a sua rede de contatos, seja online ou offline. Faça com que as pessoas saibam que você quer determinada carreira – e esteja sempre pronto com seu elevator pitch (venda de ideias de forma rápida), um CV atualizado e, claro, um ótimo perfil no LinkedIn.

  1. ESQUEMATIZE

É hora de pegar papel e caneta para fazer um grande diagrama de Venn que te guie ao sucesso: faça uma lista de todas as suas habilidades, experiências e características pessoais que precisa para o seu futuro trabalho. Em seguida, adicione aquelas habilidades que já tem e veja onde os dois círculos se cruzam. Pode usar esse diagrama como referência para ver o que precisa melhorar e o que pode destacar em seu CV e carta de recomendação.

  1. RUMO AO EXPERTISE

Aprenda tudo o que for possível sobre a indústria e o trabalho que quer. Esta tarefa não apenas o preparará para a carreira, como também para fazer contatos profissionais ou quando for a entrevistas de emprego. Para isso, interaja em fóruns, leia blogs e entre em grupos de interesse, online ou offline. Certifique-se de que sabe alguns nomes de referência na área – online e offline, a nível local, nacional e até internacional.

  1. ABSORVA CONHECIMENTO

As pessoas adoram dar conselhos e serem vistas como especialistas ou mestres num determinado assunto. Assim que souber os nomes dos profissionais que admira e que trabalham na carreira que quer ter, tente manter contato com eles – online ou, se gosta de contato à moda antiga, mande uma carta. Uma boa forma de fazer as pessoas se sentirem importantes e valorizadas é pedir recomendações de quais passos dar. Não se limite a enviar toneladas de emails com o seu CV – todo mundo tem ocupações, as caixas de entrada estão cada vez mais cheias. Sempre estabeleça contato antes de pedir conselhos ou mesmo favores.

  1. TENHA UMA BOA HISTÓRIA PARA CONTAR

Construa uma história de início de carreira cativante que não deixe dúvidas de que você é o candidato perfeito para qualquer trabalho no ramo que deseja. Pessoas te farão perguntas (muitas perguntas), por isso prepare respostas claras e concisas do porquê quer entrar nesse ramo, o que fará para atingir seu objetivo e o que tem a oferecer. É aqui que pode impressionar com a sua paixão e mostrar todas as experiências e habilidades, convencendo todos aqueles com os quais fala.

  1. RENOVE O SEU CV

Enquanto ainda estamos nesse assunto, garanta que o seu CV reflita os principais pontos de sua história. Dê destaque aos seus talentos e competências e não apenas a títulos de trabalho. Crie um CV que não se concentre apenas no passado, demonstre tudo aquilo com o que pode contribuir no futuro.

  1. FOQUE EM SUAS COMPETÊNCIAS

Muitas competências são transferíveis e podem, então, transferir-se de uma situação ou função para outra, e mostrar como interage com as pessoas. Alguns exemplos destas competências são as interpessoais, organizacionais, de comunicação e liderança. Foque na sua capacidade de motivar pessoas, realizar multitarefas, supervisionar ou falar em público. Crie um CV que exponha a sua personalidade e as suas competências ao máximo. Se puder mostrar como essas competências podem te ajudar a aprender algo mais complicado, você terá feito um excelente trabalho.

  1. SEJA REALISTA COM A AMBIÇÃO

Apesar de ter sempre a ambição de querer mais na sua carreira, também é importante ter bom senso quando se candidatas a um trabalho. Você é um novato, por isso concentre-se em posições de entrada no mercado, em que possa fazer um bom trabalho e mostrar que consegue cumprir o que é dado. Deixe claro que sabe que é um iniciante mas que está ansioso em aprender, e não deixe de acrescentar entusiasmo, paixão e determinação.

  1. TENHA PACIÊNCIA

Seja paciente e esteja disposto a começar em posições mais modestas. Conseguir um trabalho pode demorar. Também pode ser cansativo e às vezes pode não parecer uma boa ideia, mas se é isso o que procura e que te faz feliz, prossiga e conseguirá!

 

Visite a página estudo e trabalho no exterior para obter mais informações

Participe gratuitamente do dia de Coaching na EF Saiba mais

Compartilhe esse artigo

Artigos recentes de Carreira