Tudo sobre intercâmbio, viagens, cultura e idiomas pela EF Education First.
Menu

8 dicas para superar o Jet Lag

8 dicas para superar o Jet Lag

Jet Lag é uma desordem do sono temporária que afeta viajantes que cruzam mais de três fusos horários. Em termos leigos: É quando você viaja e está cansado (e acordado) nas horas erradas. Normalmente, nosso corpo sabe exatamente quando é hora fechar os olhos ou quando sentir fome. Uma vez que você começa a cruzar fusos horários, logo, tudo fica confuso e seu relógio biológico não bate mais com o ambiente que você está. O Jet Lag pode fazer com que você se sinta bem irritado, enjoado e até mesmo pode causar dores de cabeça e estomago. É exatamente isso que você não vai querer nas suas férias, então aqui estão nossas oito dicas para superar o Jet Lag e verificar se você está fazendo os ajustes necessários ao seu relógio biológico em tempo real.

1. Ajustes necessários antes de partir

Não prepare apenas sua mala antes da viagem, prepare a si mesmo ajustando o seu ritmo interno também: Mude sua hora de comer e dormir para um horário próximo ao que seria no seu destino – incrementar 30 minutinhos pode trazer resultados maravilhosos: Quando for viajar da Europa para os Estados Unidos, por exemplo, tente ficar acordado meia hora a mais por várias noites consecutivas antes de viajar. (Quando for retornar, você precisa ir para a cama mais cedo.)

2. Mais ajustes logo após decolar

Assim que partir, ajuste o seu horário para o horário do seu destino e imediatamente finja que está vivendo no novo fuso horário: Se todo mundo estiver dormindo no seu destino, tente tirar uma soneca no avião. Quanto mais rápido você entrar no novo ritmo, melhor será.

3. Diga ‘Saúde’!

Se mantiver hidratado é uma obrigação – especialmente durante o vôo. Certifique-se de beber bastante água no avião e mantenha o esforço de se manter hidratado depois que estiver em terra já que a desidratação piora os sintomas do Jet Lag.

4. Viva um dia de cada vez

Normalmente leva um dia por fuso horário para o seu corpo se acostumar – então se você voar de Londres para Nova Iorque, irá levar uns cinco dias ate que seu corpo esteja completamente adaptado ao novo fuso horário.

5. Vá para o Oeste

Você não precisa mudar os seus planos de viagem, mas é legal saber desse “bizu”: Quando se voa para o Leste o Jet Lag geralmente é bem pior.

6. Nada de soneca para você!

Uma vez que você chegue, tente não tirar uma soneca por mais de duas horas por mais que seu vôo seja longo, cansativo e que chegue de manha cedo (quando tudo o que você consegue pensar é em cochilos, travesseiros e camas.). Mantenha-se distraído. Com uma caminhada, por exemplo.

7. Caminhe

Caminhar é sempre uma boa idéia, principalmente depois de ficar sentado por horas em um avião. Seja ativo, faça alguns passeios turísticos e receba um pouco da luz do sol – essa é uma das maneiras mais efetivas de redefinir seu relógio biológico.

8. Existe um “App” para te ajudar com isso

O App Jet Lag Rooster cria um plano pessoal de Jet Lag com base na sua localização e no seu destino, seu horário de vôo e seu ritmo regular de sono/desperto. O App então descobre quando você deve e se expor a luz, e quando você deve ficar em ambientes escuros. Soa um pouco sinistro, mas pode te ajudar a ajustar o seu relógio biológico e superar o Jet Lag.

Preparado para viajar o mundo?Veja nossos destinos

Compartilhe esse artigo

Artigos recentes de Viagem