Tudo sobre intercâmbio, viagens, cultura e idiomas pela EF Education First.
Menu

10 razões para amar Vancouver

10

Vancouver encanta o ano todo por suas aventuras ao ar livre, locais sorridentes e uma localização verdadeiramente de classe mundial. Mas não é só isso que esta cidade canadense tem. Esta é uma cidade da qual nunca nos cansamos – aqui estão apenas 10 das razões para amar Vancouver.

1. Habitável

Vancouver é regularmente incluída em diferentes relatórios classificando as principais cidades pela qualidade de vida. Nos últimos anos, foi destaque na Economist Intelligence Unit, ficando em sexto lugar em um estudo que analisa os números de crime, saúde, estabilidade política, padrões de vida e muito mais. Muito bem!

2. Simpatia

Parte dessa qualidade de vida só pode ser atribuída aos maravilhosamente amigáveis moradores de Vancouver. Esta é uma cidade grande com um sentimento de comunidade, onde há uma vibração geralmente positiva flutuando pelo ar. Em Vancouver, os moradores locais vão conversar com você, mesmo os motoristas de transporte público, para que você possa se sentir confortável conversando e praticando seu inglês enquanto você estiver lá!

3. Stanley Park

Estes 1.000 hectares de espaço verde são imperdíveis em Vancouver por uma boa razão. Um parque público que parece que vem de um mundo totalmente diferente, este presente absoluto para a cidade apresenta uma mistura de jardins bem cuidados, e deserto semisselvagem. Descubra o paredão de 10 km de bicicleta e aprecie o horizonte do outro lado da água. (Oh, e cuidado com os guaxinins!)

4. Cidade da água

Falando em água, Vancouver tem muito disso – seja congelado como neve no topo das montanhas ou enchendo a bela English Bay, onde a cidade se encontra com o Oceano Pacífico. Esta linda baía é uma das favoritas do verão, ostentando uma série de praias e enseadas do centro para relaxar ou assistir ao pôr do sol, e com certeza é uma das razões para amar Vancouver.

5. Ilha de Vancouver

Do outro lado da água a partir da cidade principal, a Ilha de Vancouver, com 460 quilômetros de extensão, está repleta de vida selvagem. Pense em orcas, baleias jubarte, pumas, lontras do mar e do rio, lobos cinzentos, leões-marinhos, alces, veados, até mesmo ursos negros. Você é um amante dos animais? Mime-se com um passeio pela vida selvagem ou planeje sua visita para coincidir com um dos muitos eventos de migração natural que acontecem ao longo do ano.

6. Ar livre

Mas a vida selvagem não é só o que há para ver. Vancouver é cercada por montanhas, lagos, caminhadas e trilhas de mountain bike. Leve para a água sua prancha para praticar remo, mergulho e nado. O inverno traz a temporada de esqui e snowboard (Whistler fica apenas a duas horas de carro) e tudo isso é servido com um ótimo clima! Os verões são quentes, o outono traz folhagem ardente, a primavera encanta com suas flores, e o inverno, enquanto chuvoso, não é tão intensamente frio como em outras partes do país.

7. Festivais únicos

A maioria das grandes cidades pode reivindicar pela Parada LGBT, festividades do Ano Novo Chinês, ou festival do escritor. E Vancouver também pode – mais ainda. Fotógrafos vão adorar o Festival de Fotografia de Captura, nerds de pássaros vão se divertir no Vancouver International Bird Festival, a cultura indígena é devidamente comemorada no Talking Stick Festival, arte de rua recebe seu tempo ao sol através do Festival Mural de Vancouver, e o cinema é visto através de uma lente diferente no Vancouver International Mountain Film Festival.

8. Arte pública memorável

Enquanto caminha, aprecie a memorável, irônica e instigante abordagem da arte pública da cidade. Enquanto estiver por lá, não se esqueça de ver a Digital Orca, uma escultura pixelizada de uma baleia assassina no meio de um salto, e Girl in a Wetsuit, uma pequena homenagem para A Pequena Sereia da Dinamarca. Há também um pardal de 18 pés na praça da Vila Olímpica, o grupo de risos de um labirinto de esculturas risonhas de bronze, e a instalação de luz de néon perguntando “devo me preocupar” estampada em uma estrutura que emoldura condomínios no fundo.

9. Aquário

O Aquário de Vancouver é um dos dez melhores aquários do mundo, onde mais de 30 exposições levam os visitantes em uma viagem do Ártico aos Trópicos. Os amantes de animais podem visitar e sentir-se confiantes sobre o apoio a uma causa positiva enquanto ficam boquiabertos com as águas-vivas, lontras, golfinhos, focas, tubarões e tartarugas marinhas: o aquário tem um foco na sustentabilidade e resíduos plásticos, trabalhando com um programa para certificar a sustentabilidade dos frutos do mar em restaurantes locais.

10. A comida

É seguro dizer que Vancouver faz comida bem – eles podem encontrar frutos do mar frescos a 16 km do centro, ao lado de produtos de vales próximos. Em suma, esta é uma cidade que pode fazer um farm-to-table e fazê-lo bem – além disso, é fácil encontrar opções veganas. O que há para comer?

A Chinatown de Vancouver é realmente algo para escrever sobre, tal como sua enorme variedade de restaurantes de sushi. Também faz parte do cardápio comidas jamaicanas, etíope, libanesa, salvadorenha, tunisiana, francesa, espanhola, caribenha, vegana, sem glúten e laticínios.

Junte estas razões para amar Vancouver com as que você já tinha antes e perceberá que este pode ser o destino perfeito para seu intercâmbio.

Explore Vancouver com a EFSaiba Mais