Tudo sobre intercâmbio, viagens, cultura e idiomas pela EF Education First.
Menu

3 motivos pelos quais eu quis aprender o espanhol

3 motivos pelos quais eu quis aprender o espanhol

A língua espanhola é apaixonada e isso acaba se refletindo através da comida, da cultura e das pessoas que decidem aprender o espanhol. Com um número estimado de 329 milhões de falantes nativos, a paixão latina flui em mais de 40 países ao redor do mundo, fazendo dela a quarta língua mais geograficamente falada do mundo. Quando meus pais vieram para a Califórnia eles falavam em espanhol comigo – era o único idioma em comum entre eles – mas, aos três anos de idade, eu acabei me adaptando mais ao inglês.

Inglês era tudo o que eu sabia, até eu decidi que era hora de aprender o espanhol novamente. Aqui estão os porquês:

1. Música

A música em espanhol é incrível! Ela é influenciada por ritmos árabes, africanos, indígenas e regionais, o que resulta em ótimas batidas e uma ótima energia (o próprio idioma também é fortemente influenciado pelo árabe). Além disso, sou uma pessoa perdidamente romântica e a maioria das músicas em espanhol giram entorno do tema – amor. Ao aprender o espanhol, você passa a entender a letra e as palavras podem fazer você se entorpecer. Lembre-se, a língua espanhola tem tudo a ver com paixão ou como se diz em espanhol: “pasión”. E embora ocasionalmente existam músicas sobre gasolina ou onde dá pra se ouvir o cantor Pitbull gritando “Dale!” (que se traduz aproximadamente como “vamos lá / Bora!”), tudo isso é sobre uma abordagem apaixonada da vida no final.

2. Minha avó

Se você ainda não percebeu, os nativos falantes de espanhol tendem a ser um tanto quanto dramáticos. Seu tom, gestos e linguagem corporal fazem parte de sua narrativa e são usados para contar uma história. Minha avó é uma senhora peruana, super expressiva e também, como é que se diz? … ah, sim! apaixonada! Aprender o espanhol me ajudou a entender que ela realmente não está surtando porque a casa está pegando fogo. Não, é porque a empregada de Isabel é na verdade sua irmã gêmea clone do mal e apenas tentou queimar sua casa. Ou algo assim. Mas pelo menos agora posso diferenciar com sucesso quando minha avó está enlouquecendo por causa das suas “novelas” (telenovelas) ou porque a casa está prestes a queimar.

3. Literatura espanhola

Gabriel Garcia Marquez, Miguel de Cervantes, Isabel Allende, Mario Vargas Llosa, Jorge Luis Borges e Carlos Fuentes, para citar, são apenas alguns dos autores famosos que criaram ouro em forma de literatura. O problema da língua espanhola é que existem tantos idiomas e frases que perdem o romantismo quando são traduzidos. Por exemplo, em espanhol, assim como em português, se diz “dar a luz”, que literalmente significa o ato de parir alguém. A primeira expressão parece muito mais doce e poética (do que em inglês). E todos sabemos o porquê disso… porque eles carregam paixão em tudo o que fazem, incluindo a escrita!

Agora, vá aprender o espanhol. Valerá a pena, você tendo uma avó de língua espanhola mal-humorada ou não.

Quer aprender o espanhol?Veja nossos destinos

Compartilhe esse artigo

Artigos recentes de Idiomas