Tudo sobre intercâmbio, viagens, cultura e idiomas pela EF Education First.
Menu

Depoimento: Kianny Vasconcelos da Rocha

Depoimento: Kianny Vasconcelos da Rocha

Olá, sou Kianny, tenho 38 anos e minha história com o intercâmbio começa com uma virada de chave profissional. Eu trabalhava há 11 anos em uma multinacional e foi então, que a minha área passou por uma reestruturação, e eu fui desligada. A carreira no mundo corporativo é bastante intensa, cansativa e estava na hora de me reinventar profissionalmente.

Quem conhece o mundo corporativo sabe que é um negócio frenético, e após todos esses anos de trabalho, comecei a repensar propósitos, sonhos. A gente sempre busca o timing perfeito para começar, mudar, viver os sonhos, mas o momento perfeito é sempre o agora. Depois de algumas perguntas, comecei a procurar oportunidades que me agregassem novos conhecimentos, experiências, e foi então que decidi que mudar de trabalho não era a mudança que eu estava buscando. Era hora de ter uma experiência imersiva no exterior, fazer um intercâmbio cultural.

Mas “por onde eu começo?”

No trabalho as pessoas falavam que era muito boa no que eu fazia, mas me faltava proficiência no Inglês para dar passos maiores. Então quando saí decidi começar por aí: investir no gap do inglês e ganhar de bônus uma experiência no exterior.

Decisão tomada, começaram algumas dúvidas e incertezas: “É tarde demais para fazer intercâmbio? “É o momento certo?” A angústia bate, pois, temos muitas crenças que nos limitam, mas eu decidi reformular essas perguntas e enxergar além dos meus medos.

“Como posso criar a melhor experiência de intercâmbio na minha idade?” #handsontowork

Imbuída dessa missão, cheguei a EF por intermédio de uma amiga e daí em diante tive todo o suporte para planejar a melhor experiência de intercâmbio e sentir-me segura. Buscar novos aprendizados fora da zona de conforto não é fácil, e por isso a escolha de uma escola como a EF fez toda diferença.

Em 2018 embarquei sozinha para Canadá para fazer intercâmbio em Vancouver, CA. Foi assim que começou meu ano sabático (momento de reflexão sobre a vida). Aprender um novo idioma, vivenciar culturas e costumes diferentes, ter mais tempo livre para conhecer lugares, pessoas, fazer novas amizades.

Vancouver é uma cidade maravilhosa! Rodeada pela natureza como praias, montanhas, lagos, é um destino perfeito para quem gosta de atividades ao ar livre e esportes de aventura. A EF sempre organiza atividades e viagens pela escola, e isso nos proporciona conhecer a cidade, fazer passeios com segurança e preços mais acessíveis. São momentos incríveis!

Minha aprendizagem e experiência na escola foram maravilhosos. A adaptação foi fácil pois a metodologia de ensino me propiciou aprender de uma forma vivencial e natural, as turmas são diversas, eu tive professores maravilhosos que foram importantes figuras na construção do meu aprendizado.

A escola possui uma estrutura de salas de aula e espaços sociais bastante interativos, fazendo com que a socialização faça parte do desenvolvimento e aprendizagem da língua.

Durante o intercâmbio desenvolvi novas habilidades de comunicação, conquistei progressos e fluência no inglês, somei ricas experiências. As maiores lições que tirei dessa experiência foram: 1) Auto-superação: nunca é tarde para aprender algo novo; 2) Conexão com pessoas e culturas: aprendi que não importa a língua que você fala, empatia e respeito são os gestos mais importantes para conectar pessoas em qualquer lugar no mundo.

O intercâmbio imersivo me proporcionou maior segurança no inglês, desenvolvendo novas aptidões linguísticas e desmaterializando espaços. Assim, o inglês ampliou, em milhões de vezes, as minhas oportunidades num mercado globalizado, no mundo onde a transformação digital tem acelerado o futuro, transformando todos nós em caçadores de tendências e novos conhecimentos.

Conheça a EF VancouverSaiba Mais

Compartilhe esse artigo