Tudo sobre intercâmbio, viagens, cultura e idiomas pela EF Education First.
Menu

Aprenda um destes 4 idiomas para se destacar

Aprenda um destes 4 idiomas para se destacar

Para a maior parte das pessoas que procuram aprender outro idioma, o inglês continua sendo a primeira escolha – e por uma boa razão – é a linguagem da diplomacia, negócios e cultura popular, é atualmente falado por cerca de 1,5 bilhões de pessoas (e outro bilhão nas salas de aulas neste momento ), o inglês é realmente a “linguagem mundial”. Mas além do inglês, quais outras línguas podem te ajudar a chegar mais longe?

Veja a nossa lista, sem ordem de importância:

1. MANDARIM

Com a maior economia do mundo desde o ano passado, a China é um parceiro comercial vital para a maioria dos países do mundo. Se você é dos EUA, Ásia, Europa ou Austrália, já deve ter notado que a importância da China nas frentes diplomáticas e comerciais tem crescido exponencialmente. Além de sua capacidade de produção gigantesca e enorme população, o país tem sido um comprador cada vez mais importante de bens importados do resto do mundo e as suas decisões de compra o torna uma das partes mais interessadas em mudanças, principalmente em áreas como a energia verde. Caso queira trabalhar na Ásia, aprender chinês irá adicionar um valor inestimável para o seu currículo e te ajudará a conversar com quase uma em cada seis pessoas do planeta (que é quase um bilhão de nativos desta língua). Lembre-se: apesar de sua pronúncia incrivelmente complexa, o mandarim usa estruturas gramaticais relativamente simples e não tem conjugação verbal ou distinções entre gênero e número; um bônus para qualquer aluno!

2. FRANCÊS

O francês nunca será uma língua para se deixar de fora, ele ainda permanece como uma opção válida para estudantes de idiomas estratégicos. A França é um dos polos turísticos da Europa, tornando a língua uma boa escolha para formandos de turismo, guias de turismo, gerentes de hotéis e outros que trabalham nesta indústria. Para aqueles que estudam ciência política ou interessados ​​em trabalhar na diplomacia, saber francês – uma língua oficial das Nações Unidas, União Europeia, Comitê Olímpico Internacional e sistema de tribunais internacionais, entre outras entidades oficiais – proporcionará uma clara vantagem. Além disso, grande parte da África Subsariana é de língua francesa, dando oportunidades internacionais a falantes de francês cada vez mais numerosos. Já sabe inglês ou espanhol? Devido às semelhanças entre as línguas, estudar francês será muito mais fácil.

3. ESPANHOL

Aprender espanhol pode não te ajudar a se destacar nos Estados Unidos (onde 12% das pessoas falam), mas você não deve encarar essa como uma segunda língua inútil. É a língua oficial de 21 países, o espanhol possui tantos falantes nativos que fica em segundo lugar logo após o chinês como a língua mais falada no mundo. É também uma língua oficial das Nações Unidas, da União Europeia , Organização Mundial do Comércio e Acordo de Livre Comércio da América do Norte e, certamente, deve ser adicionada aos CVs dos futuros diplomatas, políticos, trabalhadores de imigração, viagens e turismo, entre muitas outras profissões. Além de simplificar as viagens na América do Sul e Central, saber espanhol também é ótimo como uma referência na Europa, muitos europeus falam espanhol como segunda ou terceira língua.

4. ALEMÃO

Alemão – é também uma língua oficial na Áustria, Suíça, Luxemburgo e Liechtenstein – leva o trófeu para a língua mais falada na Europa, com 18 % dos cidadãos da UE que falam alemão como língua materna. É claro que a Alemanha é um dos pesos pesados ​​da economia europeia e exportador massivo desde mercadorias de produtos farmacêuticos à carros. As inúmeras oportunidades de negócios que isto traz faz com que haja um grande aumento de aulas de línguas estrangeiras: a língua alemã é ensinada nas escolas secundárias em todo o mundo. Na verdade, cerca de 68% dos estudantes japoneses estudam a língua. De um ponto de vista mais agradável, os alemães estão entre os turistas mais ativos do mundo. Considerando o seu bom rendimento e tempo de férias decente, não é de admirar que os alemães sejam natualmente cidadãos do mundo: e, claro, os seus dólares vão diretamente para a indústria do turismo, surgindo uma ampla oportunidade para pessoas de língua alemã em todo o mundo. Precisa de outro motivo? Suíça, onde o alemão é falado, tem um dos melhores padrões de vida no mundo.

Image by THOR, Flickr / Creative Commons

Aprenda idiomas com a EFCursos de Idiomas no Exterior

Compartilhe esse artigo

Artigos recentes de Carreira