Tudo sobre intercâmbio, viagens, cultura e idiomas pela EF Education First.
Menu

As 11 gírias mais usadas em Londres

As 11 gírias mais usadas em Londres

É hora de entrar no mundo das gírias rimadas Cockney, meu caro China. Não haverá nada de porkies por aqui, apenas um franco guia para manter você longe de Barney em sua próxima viagem a Londres.

As palavras não fazem sentido algum, não é?

Deixe-me explicar: Cockney slang é uma coleção de frases rimadas que os Cockneys, mais conhecidos como moradores de Londres, usam. A frase geralmente é formada por duas palavras sendo que a última palavra rima com o significado desejado: no entanto, em alguns casos apenas a primeira palavra – a que não rima – é dita. Confuso, não? Não se preocupe! Os exemplos que preparamos irão te ajudar a pegar as gírias mais usadas em Londres rapidinho, mas primeiro vamos dar uma olhada na origem dessa famosa “língua secreta”.

UMA BREVE HISTÓRIA DAS GÍRIAS COCKNEY

Tudo começou na metade do século XIX, no East End de Londres. Comerciantes, operários de fábricas e até bandidos são considerados os primeiros que usaram esse modo de comunicação para que a polícia, consumidores e chefes não entendessem o que era dito. Cockneys espertos! Isso se desenvolveu ao longo dos anos e, embora não seja mais uma parte essencial da rotina de vida em Londres, os moradores continuam criando frases aparentemente estranhas que continuam a confundir, então saber um pouco das frases Cockney pode ser algo bem útil e o mais importante, divertido.

Aqui estão algumas das frases mais famosas que você pode ouvir em suas próxima viagem a Londres.

  1. APPLES AND PEARS = STAIRS

“I’m going up the apples to bed.”

Não se alarme caso um londrino fale para você go up the apples and pears – eles não perderam o juízo ou a noção da língua inglesa, estão apenas dizendo para que você suba as escadas.

  1. DOG AND BONE = PHONE

“Shhh, he’s on the dog and bone.”

Você não odeia quando o seu dog and bone (telefone) fica sem bateria?

  1. AL CAPONE = TELEPHONE

“He’s always on his Al Capone.”

No maravilhoso e estranho mundo do Cockney rhyming slang, Al Capone – o notório gangster americano – significa exatamente o mesmo que dog and bone.

  1. BARNEY RUBBLE = TROUBLE

“If I’m not home soon, I’m in a lot of Barney.”

Barney Rubble não é apenas um famoso Flintstone, é também parte desse vocabulário – em Londres Barney (você não fala o Rubble) é usado para indicar uma situação que fará ou fez você se envolver em algum problema.

  1. BEES AND HONEY = MONEY

“My new shirt was a lot of bees.”

Loadsa bees an hunay, como pronunciaria um verdadeiro londrino, significa muito dinheiro.

  1. BUBBLE BATH = LAUGH

“£50? You’re having a bubble.”

Essa é uma das frases mais comuns e é falada por toda a Inglaterra. É usada para expressar incredulidade ou recusa em fazer algo.

  1. CHINA PLATE = MATE

“Hello, me old China. How are you?

Cockneys invertem o uso do me e my – especialmente nessa clássica saudação. Você pode dizer que Londres é a cidade ideal para você e seus Chinas (parceiros) explorarem.

  1. PORK PIES = LIES

“You’re telling me porkies.”

Nesse, as duas palavras são combinadas para formar porkies. Se alguém falar algo que você não acredita, informe que a pessoa está falando porkies (mentiras).

  1. HANK MARVIN = STARVING

“I’m completely Marvin.”

Hank Marvin foi um guitarrista muito conhecido durante os anos 60. Os Cockneys deram um brilho ao nome dele e agora você pode anunciar o estado da sua fome incluindo Hank, Marvin ou Hank Marvin na frase.

  1. RUBY MURRAY = CURRY

“Let’s have a Ruby tonight.”

Ruby Murray foi um famoso cantor da Inglaterra nos anos 50 e seu nome (especialmente o primeiro nome) caiu no gosto da cultura Cockney como uma gíria para curry.

  1. LOAF OF BREAD = HEAD

“Use your loaf!”

Não, esse não é um convite para você se armar com uma faca de pão, mas sim um pedido ou sugestão para que você use sua cabeça e pense em suas ações.

Compartilhe esse artigo

Artigos recentes de Idiomas