Tudo sobre intercâmbio, viagens, cultura e idiomas pela EF Education First.
Menu

Hobbies, habilidades sociais e idiomas: 5 maneiras de melhorar o seu currículo

Hobbies,

Nos dias de hoje, ter um bom currículo não é o suficiente. Para conseguir o trabalho ou estágio dos sonhos, você irá precisar de um ótimo currículo, e criar um excelente currículo é mais do que listar suas conquistas acadêmicas e suas experiências profissionais. Claro, é essencial incluir os tópicos anteriores, porém há muito mais que você pode fazer para que seu “curriculum vitae” funcione a seu favor.

Seu currículo é, também, uma introdução sobre você, sua incrível personalidade, suas paixões e hobbies. As pessoas que se candidatam para a mesma vaga apresentarão qualificações semelhantes às suas, logo o segredo está em ser o tipo de pessoa que seu futuro empregador não pode esperar para ter em sua equipe.

Pronto para se exibir (só um pouco)? Aqui estão algumas dicas para você começar.

1. Trabalhe nas suas habilidades sociais

Você é ótimo para fazer apresentações ou se sente à vontade compartilhando seu trabalho e ideias em uma sala cheia de pessoas? Bem, você colocaria no seu currículo se você fosse excelente em organizar planilhas (desculpe, não desculpe), então deixe seu empregador saber que você é uma pessoa sociável, ótima em se comunicar e resolver problemas como parte de uma equipe, e você não se intimida quando é sua vez de dar a cara tapa!

Todas essas habilidades, conhecidas como “soft skills” tornam você um candidato melhor e mais completo, podendo ajudar seu entrevistador a imaginá-lo como parte de sua equipe. Viajar, estudar no exterior e desfrutar de novas experiências podem ajudá-lo a nutrir seu portfólio de habilidades sociais.

2. Aprenda um idioma

Ter um segundo ou terceiro idioma em seu currículo é uma das melhores maneiras de fazer a sua aplicação se destacar dentre as demais. Pessoas bilíngues costumam ser melhores na solução criativa de problemas. Não está acreditando? Leia nosso artigo explorando o motivo pelo qual investir no aprendizado de idiomas é ótimo para sua carreira e descubra quais idiomas podem ajudá-lo a progredir.

À medida que a lista de benefícios de ter uma força de trabalho bilíngue continua crescendo, cada vez mais empregadores estão procurando recrutar pessoas que sejam fluentes em outro idioma. Dado o aprendizado de um novo idioma, você é um ótimo candidato para negócios com clientes internacionais e oportunidades de viagens. Além disso, tal conquista é a prova de que você pode trabalhar duro para atingir grandes objetivos.

Você pode desenvolver as habilidades linguísticas necessárias com um programa de estudos no exterior. Uma das coisas mais interessantes sobre um intercâmbio é que você pode colocar a experiência de estudo no exterior em seu currículo, bem como, sua nova fluência no idioma – é muito divertido para você e fica bem em seu currículo, tornando-o um ganha-ganha (O que é totalmente considerável).

3. E não se esqueça dos seus hobbies

Nem todas as habilidades podem parecer totalmente relevantes para o seu novo emprego, mas isso não quer dizer que elas não mereçam um lugar no seu currículo. Abra um espaço próximo ao final da página para incluir um pouco sobre seus hobbies e interesses para ajudar seu futuro empregador a conhecer quem você realmente é.

Compartilhar que você é um mergulhador qualificado com uma paixão pela conservação marinha ou declarar que você é voluntário em um abrigo de animais local em seu tempo livre, esses feitos permitem que seus valores apareçam no papel.

Se você é um corredor entusiasta, faz parte de um clube de triatlo ou adora passar os fins de semana em longos passeios de bicicleta, as pessoas em seu novo escritório também podem adorar essas coisas. É tudo uma questão de ser aberto e honesto para que você possa se conectar com o trabalho e fazer parte de uma equipe que é certa para você.

4. Eu, eu, eu

Não é tudo sobre você…Bem, na verdade é, mas você também não quer começar todas as frases com “eu”. Demonstre suas habilidades linguísticas com o intuito de tornar mais fácil a leitura do seu futuro empregador ler e para que ele compreenda a sua criatividade. A título de exemplo,pode-se trocar frases como “Eu posso falar francês” e “Eu estudei no exterior” por “Durante meu estágio de seis meses no exterior em Paris, melhorei minhas habilidades linguísticas e agora sou fluente em francês . ”

5. Quando terminar, peça a alguém para revisar

Quer você pergunte a um pai, a um irmão mais velho, a um professor ou ao vizinho que o conhece desde que você era criança, certifique-se de que alguém leia seu currículo antes de enviá-lo. Em primeiro lugar, eles o ajudarão a detectar erros ortográficos ou gramaticais e, em segundo lugar, são as melhores pessoas para sugerir coisas que você pode ter esquecido de incluir!

Falar sobre você pode parecer um pouco anormal, mas essas pessoas o conhecem tão bem que vão se lembrar daquele evento que você frequentou há alguns anos ou do curso de que participou quando estava na escola, o que pode realmente fortalecer seu currículo.

Dê o pontapé inicial nos seus estudos no exteriorSaiba Mais

Descubra o mundo e estude um idioma no exterior

Saiba mais