Tudo sobre intercâmbio, viagens, cultura e idiomas pela EF Education First.
Menu

10 dicas para se mudar para o exterior por conta própria

10

Quer seja para aprender uma nova língua, aceitar uma oferta de emprego, ou começar os seus estudos, mudar-se para fora do país muda a sua vida. E, para isso, muitas pessoas buscam por dicas para se mudar para o exterior por conta própria.

Passo 1: Decidir a mudança para o exterior depois de fantasiar infinitamente sobre sua nova vida exótica.

Passo 2: Chegue ao seu destino e questione tudo o que pensava ser verdade, incluindo a cor das suas meias.

A sua vida de sonho fora do país se desenrola rapidamente à medida que se encontra com a realidade. Ainda tem de pagar contas e impostos. Ainda não conhece ninguém lá. Comprou o adaptador errado para o seu secador de cabelo. Espere, o quê?

É verdade – mudar para um novo país é empolgante mas também pode ser absolutamente assustador. Me mudei para o exterior sozinho duas vezes, fazendo a transição da minha confortável vida americana em Portland, Oregon, para uma desconhecida vida europeia em Hamburgo, Alemanha. Tomei a decisão espontaneamente e no espaço de um mês vendi o meu carro, minha mobília, os meus vestidos vintages favoritos e as minhas cobiçadas botas slouch. Com o jet-set e faminto pela minha aventura, o meu medo tomou o banco de trás até à minha chegada. Eu não sabia até então, mas deixar para trás o conhecido seria uma das melhores decisões da minha vida, apesar dos obstáculos.

As minhas migrações transatlânticas me armaram com dicas valiosas sobre como fazer a mudança para a vida num novo país. É verdade que o início é a parte mais difícil. Haverá momentos de dúvida e incerteza. Mas não se preocupe demais. Nunca deixe que o medo o impeça de seguir o que o seu coração deseja. Com algum conhecimento e determinação, se sentir estabelecido e confortável não demorará muito.

Continue a ler para descobrir 10 dicas para se mudar para o exterior que o ajudarão a se adaptar à sua fantástica vida sozinho no destino.

1. Pesquise sua cidade e a si mesmo

Mudar-se para o exterior por conta própria significa que você só tem de responder a uma pessoa – a si mesmo. É importante refletir e fazer algumas perguntas. O que é que me interessa? Como é que quero passar os meus fins de semana? O que eu quero realizar enquanto estou aqui? Recomendo que visite o website de turismo da sua cidade.

Veja o que a sua cidade tem para oferecer e fique curioso sobre a sua exploração. Certifique-se também de pesquisar como funcionam as coisas administrativas, como: impostos e votação, se isso for aplicável à sua situação. Estabeleça também algumas metas claras para si.

2. Crie rituais de conforto

Passei os primeiros 2 meses em Hamburgo de uma forma muito solitária. Não tinha nenhuma rede social local. Estava me adaptando a uma cultura diferente, a uma nova cidade e a um novo emprego. Assim, fiz questão de organizar os meus finais de semana de forma saudável e feliz. Experimentei novas receitas, limpei o meu apartamento, fiz longas caminhadas e me mantive ocupada. Sempre tive algo pelo qual almejar, quer fosse um banho relaxante, uma noite de cinema em casa ou a explorar uma parte nova da cidade. Chamei esses momentos de “rituais de conforto” porque me dava uma sensação de controle e de propósito quando outras coisas na minha vida ainda eram incertas e desconhecidas.

3. Aprenda a língua local

Uma das dicas mais importantes ao se mudar para o exterior: se ainda não fala o idioma nativo, não se esqueça de se inscrever para as aulas o mais rápido possível. Não há nada que o faça sentir-se mais isolado do que não compreender aqueles que o rodeiam. O domínio de uma língua requer anos de prática, mas descobrirá que a simples aprendizagem de algumas frases básicas faz toda a diferença. Saber o que dizer numa padaria ou numa mercearia exige um esforço mínimo, e você vai se sentir mais ligado aos que o rodeiam. Isto também é verdade para o seu plano de viagem ideal.

4. Encontre um novo hobby

Agora é o momento de sair e descobrir uma nova paixão. Talvez você tenha se interessado com a esgrima, xadrez ou kickboxing. Aprender um novo passatempo aumenta a sua confiança e te dá alguns objetivos para os quais pode trabalhar. Quando me mudei para Hamburgo, comprei uma guitarra e comecei a ter aulas. Sempre quis aprender a tocar e pensei: se não for agora, quando?

5. Localizar pessoas com interesses semelhantes

Adora nadar? Obcecado por Anime? Procure grupos de encontros na sua área para se conectar com outras pessoas. Me juntei a um grupo de escritores em Hamburgo que se reunia uma vez por mês aos domingos. Imediatamente, fui apresentado a pessoas que estavam passando por uma situação semelhante de “acabou de se mudar para o exterior e não conhece ninguém”. Você se sente muito melhor quando percebe que outras pessoas não só partilham as suas paixões, mas também estão no mesmo barco.

6. Construa um ambiente aconchegante

O lar é onde está o coração, especialmente quando se muda para o exterior. Não importa se tem o seu próprio apartamento, um dormitório ou um apartamento compartilhado, dedique tempo e esforço para fazer com que a sua moradia se torne o seu lar. Detalhes simples como velas, cobertores macios, trabalhos de arte coloridos, fotografias de amigos e família fazem muita diferença. Se estiver num lugar por pouco tempo, comprar flores frescas e velas com cheiro agradável acrescenta aconchego instantâneo com pouco dinheiro.

7. Junte-se a grupos de pessoas morando em outro país e eventos Stammtisch

Existem muitos recursos online, tais como grupos do Facebook e Meetup.com, onde pode encontrar grupos locais de expat (alguém que foi morar em outro país ou viaja para o exterior por muito tempo). Algumas pessoas reúnem-se para praticar a língua local num evento Stammtisch, procure por eles. Seja corajoso e seja você mesmo lá fora. Nunca se sabe com quem se vai encontrar, e certamente é melhor do que limpar a gordura do depurador do seu fogão numa noite de sábado (sim, você já fez isso).

8. Rede com colegas de trabalho e colegas de turma

Sou introvertida de natureza, por isso, no final do dia de trabalho, normalmente mal posso esperar para ir para casa e relaxar. Mas ser social tem a enorme vantagem de expandir a sua rede social. As vezes que saí com os meus colegas de trabalho, sempre me diverti muito. Além disso, não quero ser aquela pessoa no escritório que sempre diz não aos rolês depois do trabalho. Se estiver estudando no exterior, é provável que haja muitas atividades planejadas onde possa conhecer novas pessoas. Certifique-se de participar.

9. Convide amigos e familia para visitar você

Adoro que as pessoas me visitem. Desde que consegui o meu apartamento pronto para a companhia até às compras e o planejamento de atividades, poucas coisas me fazem mais feliz. É provável que tenha se mudado para um lugar muito legal, porque não compartilhar com os outros? Deixe as pessoas da sua vida saberem que a sua porta está aberta. Quando o visitarem, você poderá voltar a ser um turista na sua cidade.

10. Mantenha-se otimista

Se mudar para fora do país não é nada fácil, por isso algumas dicas para se mudar para o exterior são muito valiosas. Terão momentos em que você vai duvidar da sua decisão. Se concentre para permanecer positivo por mais difícil que seja a sua situação. Um mantra que eu adotei ao longo dos anos e que me faz passar por tempos difíceis é: não vai ser assim para sempre. Isso me faz lembrar que todas as situações da vida são temporárias. Continue a avançar e confie que seus sentimentos atuais sobre uma situação também podem mudar. O fim do mundo de hoje pode se tornar um episódio de uma história hilária no próximo ano.

Comece sua aventura no exterior com a EFSaiba mais