Histórias de nossos high schools internacionais

5 dicas sobre como lidar com seu filho quando ele sentir saudade de casa

Em qualquer idade, mudar-se de país é uma experiência empolgante, mas que ao mesmo tempo pode gerar apreensão. Ter uma forte ligação emocional com amigos e familiares é muito especial, mas pode dificultar o início de um novo capítulo da vida. Ter saudades de casa é uma etapa natural da adaptação à vida em um novo lugar.

Há uma infinidade de emoções complexas que os alunos podem experienciar quando se mudam para começar a vida no câmpus. Pode ser uma dificuldade para toda família, principalmente se for a primeira vez longe de casa. Indepentemente da empolgação, às vezes a saudade toma conta, dificultando o processo de adaptação. Se seu filho estiver sentindo muita saudade, aqui estão cinco dicas que podem ajudá-lo a lidar com esse processo.

Cheque constantemente as emoções do seu filho

Ter saudade é muito comum. Esse sentimento pode se manifestar através de uma infinidade de emoções diferentes, e uma das melhores coisas que você pode fazer como pai é lhes dizer que tudo o que eles estão sentindo é normal! Quando seu filho estiver sentindo saudade de casa, ele poderá se sentir inferior ou envergonhado na presença dos seus colegas que estejam mais acostumados a ficar longe de casa. Lembre-o de que a saudade não é motivo para se envergonhar — isso o ajudará a sentir-se menos sozinho quando passar por novas experiências ou emoções.

Aproveite a tecnologia disponível a seu favor

Lembre-se: nós vivemos na era da tecnologia — use-a! Até algumas décadas atrás, era extremamente difícil comunicar-se internacionalmente em tempo real. Agora, temos tecnologias incríveis, como o Skype e o WhatsApp, que ajudam a nos conectar com pessoas do mundo todo. Quando bater a saudade, uma ligaçãozinha por vídeo pode ajudar seu filho a se sentir mais próximo de você. Ver um rosto familiar e ouvir a sua voz vai lembrá-lo de que você estará sempre ali para ele, apoiando-o, mesmo nesta fase, em que ele está vivendo uma nova independência.

Mas tenha cuidado para não exagerar. É importante que você esteja sempre disponível, mas tente não distrair seu filho do que está acontecendo ao seu redor, esteja ciente de como sua comunicação com ele pode impactar na sua socialização com a nova comunidade. Se seu filho estiver sempre falando com você, ele pode não se esforçar para se adaptar ao novo ambiente. Tente encontrar o equilíbrio entre ser acessível e dar-lhe espaço para viver coisas novas no seu novo lar.

Incentive-o a sair e se envolver

A saudade de casa geralmente bate mais forte quando os alunos se sentem sozinhos ou quando não têm outras atividades para afastar sua mente de casa. Às vezes, é preciso uma boa distração. Antes da partida, façam juntos, uma lista de aventuras divertidas que ele possa fazer no seu novo lar para encorajá-los a sair do quarto e manter-se ativo! Fazer atividades ao ar livre e exercitar-se são as formas mais eficazer para que seu filho naturalmente melhore seu humor. Incentive-o a explorar as redondezas com amigos. Mesmo que eles só saiam para dar uma volta ou jantar entre amigos, isso pode ajudar a afastar sua mente de casa.

Envie pequenas lembranças de casa

Ter lembrancinhas de casa pode ajudar muito a aliviar a saudade quando seu filho estiver se adaptando. Quando ele estiver fazendo as malas, assegure-se de colocar alguns dos seus objetos mais queridos que o lembrem de casa (fotos, um livro favorito, um cobertor). E quando ele chegar no seu novo lar, envie uma caixa com artigos de higiene pessoal, suas comidas favoritas ou algumas recordação de casa, da família ou do seu país. Não há nada mais gostoso do que receber pelo correio uma caixa surpresa cheia de lembranças de casa. Fotos ou uma nota manuscrita para que ele deixe na escrivaninha serão um lembrete diário de que a familia estará sempre lá para quando ele precisar.

Planeje um evento pelo qual ele faça contagem regressiva

Organize uma viagem ou visita! Ter uma data marcada para encontrar seu filho pode ser uma ótima maneira de administrar a saudade. Não só será uma ótima oportunidade para se verem, mas também dará ao seu filho uma meta para almejar. Isso o encorajará a enfrentar os momentos difíceis para que ele possa receber uma super recompensa: te ver! Se vocês não puderem se encontrar, incentive-o a conhecer um lugar novo com amigos em um fim de semana de vez em quando.

Superando a saudade de casa na EF Academy

Na EF Academy, existem diversas ferramentas para ajudar a adaptbilidade dos nossos alunos no boarding school. Todos os anos, na chegada de novos alunos, seja em Oxford, California ou Nova York, oferecemos um programa especial de boas-vindas: esta primeira semana no câmpus é preenchida com todos os tipos de atividades e oportunidades de aprendizado para mantê-lo entretidos. Sobrecarregar suas programações com danças, esportes e jogos em grupo, os ajuda a fazer amizades e manter a mente ocupada.

Isso se extende ao longo do ano, oferecemos constante oportunidades para que os alunos se envolvam em atividades quando não estão na sala de aula. Contamos com um departamento de atividades dedicado para planejar torneios esportivos internos, idas ao cinema, noites de karaokê e uma infinidade de eventos divertidos. Com tantas opções, os alunos da EF Academy facilmente se adaptam, conhecem novos amigos e deixam de lado a saudade de casa.

Nossa atenciosa e empática equipe de terapêutas e conselheiros são outro diferencial das nossas escolas. São profissionais especializados em entender a dificuldade de viver em países desconhecidos ainda tão jovens, e estão a disposição do aluno 24 horas por dia. Além disso, o departamento de orientação, conselheiros acadêmicos e gestores de carreira ajudam os alunos a lidar com os desafios emocionais à medida que eles evoluem nos estudos e em maturidade, o que também tranqüiliza os pais. Se os alunos tiverem saudade de casa ou passarem por momentos difíceis, lembre-os de que eles têm um sistema de apoio completo na escola para garantir seu bem-estar emocional.

Junte-se à nossa comunidade de apoio.EF Academy

Compartilhe esse artigo